Rodízios de Pneus

Grande parte das pessoas já ouviu falar em rodízio de pneus, mas, não têm a mínima idéia para que serve e como deve ser realizado, explicaremos a seguir:


Em todo o mundo a maioria dos veículos possui apenas tração dianteira assim, os pneus não costumam se desgastar de maneira uniforme (os dianteiros costumam ter vida útil menor do que os traseiros). Mesmo nos veículos com tração nas quatro rodas há desgaste desigual e é necessário realizar o rodízio.


É devido ao desgaste irregular que se utiliza o rodízio de pneus. Ele funciona como um recurso para igualar o desgaste dos pneus e, consequentemente, aumentar o tempo de vida útil.

Um pneu dura em média 50 mil km mas, tudo depende das condições das vias de trânsito e da maneira de condução do motorista. O mesmo acontece com o prazo recomendado para rodízio (que varia de 5 mil a 10 mil km).

Então, o ideal é que o proprietário sempre fique atento às condições dos pneus para que assim, não haja desgaste prematuro e nem futuras dores de cabeça.


Há diversos tipos de rodízio que variam de acordo com o veículo (comum ou com tração 4×4) e o tipo de pneu (normal, unidirecionais). Ao realizar o rodízio de pneus unidirecionais deve-se ter atenção redobrada já que eles só devem rodar em um único sentido.


Ao realizar o rodízio de pneus também é necessário fazer o alinhamento e balanceamento. Realizar a calibragem correta dos pneus a cada 15 dias é outro item importante que ajuda a evitar o desgaste prematuro.


O ideal é realizar a troca dos pneus aos pares, mantendo-os na mesma posição durante toda sua vida útil.

Alinhamento Dianteiro e Traseiro

Alinhamento Computadorizado


Infra-vermelho 6 sensores.

Medição das 04 rodas com 04 cabeças medidoras com 06 câmaras CCD I-red de alta resolução.

04 Garras do tipo rápido para a instalação das cabeças nas rodas dos veículos.


Programas Especiais:

- Ponto “S” VW Audi;

- Veículo rebaixado/spoiler;

- Ajustes com rodas elevadas.


Impressão de relatórios e armazenagem de serviços.


Balanceamento Estático Dinâmico


O que é desbalanceamento estático e como é feito o balanceamento estático?

O desbalanceamento estático representa a vibração no sentido vertical, provocada pelo desequilíbrio de massas. O conjunto roda/pneu “PULA” no sentido vertical, comprimindo e descomprimindo a suspensão. Esta vibração reduz o conforto e afeta diretamente a segurança porque diminui o contato do pneu no piso, provocando o desgaste irregular do pneu e diminuindo a vida útil principalmente dos componentes mecânicos da suspensão. Para balancear estaticamente a roda, fixa-€se uma massa na roda do lado oposto ao mais pesado. Eliminando assim as trepidações que dificultam a dirigibilidade e estabilidade do veículo.


E o que é desbalanceamento dinâmico e como se realiza o balanceamento dinâmico? 


O desbalanceamento dinâmico representa a vibração no sentido horizontal, provocada pelo desequilíbrio de massas. O conjunto roda/€pneu “BAMBOLEIA” no sentido horizontal, comprimindo e descomprimindo a suspensão. Esta vibração também reduz o conforto e afeta a segurança, fazendo a direção TREMER, provocando instabilidade e diminuindo a vida útil principalmente dos componentes do mecanismo de direção. Este tipo de desbalanceamento torna-€se mais acentuado quanto maior for à largura do conjunto roda/pneu. Para se eliminar o desequilíbrio dinâmico das rodas prende-€se uma massa adicional no lado oposto ao da massa desequilibrante. As massas adicionais são afixadas nas bordas do aro, por meio de uma presilha ou fita adesiva.




Cambagem Dianteira e Traseira

A cambagem tem a tarefa de distribuir o peso do carro sobre a banda de rodagem, assim evitando que a vida útil do pneu diminua, bem como alterações indesejáveis na direção, por exemplo, uma cambagem positiva deixa a direção mais solta, leve, como se o carro dançasse, pois elas estão voltadas para fora, o que diminui o desgaste.

A melhor notícia é que existem máquinas que realizam a cambagem e mostram o grau de inclinação das rodas, logo você não será ludibriado pela empresa.





Cambagem negativa: os pneus estão voltados para fora do carro.

Cambagem positiva: os pneus estão voltados para dentro do carro.

Cambagem nula: os pneus fazem um ângulo reto.


Note como está a cambagem do seu carro agora mesmo! Olhe a parte da frente do seu veículo, os pneus devem estar o mais perto possível do ângulo reto, ou seja, 90º, este seria o ângulo ideal, pois um lado nunca pode estar mais inclinado que o outro.

A grande maioria dos veículos não possuem regulagem de cambagem, há casos em que estão fora dos padrões de fábrica. Nesse caso, alguns mecânicos podem utilizar as ferramentas hidráulicas para desentortar a peça, porém tome cuidado! O uso delas é muito comum, no entanto não deve forçar os rolamentos de roda ou estruturas maciças dos amortecedores, pois existem ferramentas especiais para isso.


Quando fazer cambagem?

A resposta é simples! Se você transita por vias que tem muitos buracos, o que é muito comum em nosso país, às vezes é inevitável cair em um deles e, é ai que essas alterações no ângulo acontecem, tanto pelas fortes pancadas, excesso de buracos, e até mesmo abuso de peso e principalmente por molas defeituosas, desgaste de componentes que podem ser substituídos rapidamente para que o ângulo de camber volte ao indicado pelo fabricante.

O recomendável é verificar a situação do camber junto com o alinhamento e o balanceamento, assim quando o carro atinge 10 mil quilômetros, você garante que o seu carro sairá da manutenção perfeitamente regulado.

É importante também, sempre observar o comportamento do seu carro, por exemplo, ao estado das molas, pois se estiverem “cansadas” a suspensão irá trabalhar de forma irregular.

Caster Dianteiro e Traseiro


Alinhamento de cáster e rodas traseiras

Após fazer o ajuste das rodas traseiras, é necessário verificar o cáster. Na maioria dos casos, há sempre mais de um item fora de alinhamento, e sempre quando há algum foram de alinhamento, outro tenta “compensar”. Sem esses ajustes, haverá novamente problemas no alinhamento em breve, e você vai acabar pagando por um serviço duas vezes.


Convergência e divergência do alinhamento de rodas

O ângulo de convergência/divergência identifica a direção dos pneus em relação à linha central do veículo. Veículos de tração traseira “empurram” os pneus dianteiros, enquanto eles rodam ao ao longo da estrada, a resistência resulte em algum movimento de recuo nos braços de suspensão contra as buchas. A maioria dos veículos de tração traseira usar uma convergência positiva para compensar o movimento de suspensão.

Veículos de tração dianteira “puxam” o veículo, resultando em um movimento para a frente dos braços de suspensão contra suas buchas. A maioria dos veículos de tração dianteira usam a convergência negativa para compensar o movimento de suspensão. A convergência e divergência também pode ser utilizada para alterar as características de manuseamento de um veículo, em relação ao esterço e contra esterço.

O que é importante é verificar a angulação para fazer o ajuste correto para seu veículo, de acordo com o tipo de tração e ajuste necessário. A tração das rodas deve ser considerada antes de fazer o alinhamento.


Intervalos de alinhamento

Fabricantes de veículos especificam um ângulo preferido para cada um dos ajustes de alinhamento, mas dentro de um intervalo máximo e mínimo, que são os intervalos aceitos para cada um dos ajustes de alinhamento. Dentro desses intervalos, o veículo ainda não precisa de alinhamento.

Caso o veículo não possa ser ajustado dentro desse intervalo de alinhamento, pode ser necessário obter um kit de ajuste apropriado para conseguir reajustar o veículo para dentro dos padrões.

Novamente, vale lembrar: ao ajustar um alinhamento, todos os outros devem ser verificados para alterações. Caso haja alguma, outros ajustes serão necessários.

Ficou alguma dúvida? Deixe nos comentários suas perguntas, e responderemos o mais rápido possível!


Desempeno de Eixo

É o serviço feito por nossos técnicos com máquinas especiais para corrigir um eixo torto. Normalmente, o empeno do eixo traseiro é ocasionado por batidas ou buracos.


.

Limpeza de Bicos e Injetores

É um procedimento que consiste na remoção de obstruções que comprometem o funcionamento da válvula injetora (também chamada de bico injetor), que é formada por um corpo cilíndrico, que armazena combustível pressurizado, e uma agulha móvel, responsável pelo controle da vazão do combustível. 

Cada movimento da agulha dura milésimos de segundo e libera uma pequena quantidade de combustível, formando um spray que se mistura ao ar no coletor de admissão. Se os bicos estiverem sujos, devem ser colocados numa máquina apropriada, que fará a limpeza por ultrassom injetando também um líquido à base de querosene.


Mão de obra especializada na troca de peças

Nós somos uma Oficina Mecânica especializada em vários serviços mecânicos e automotivos como: manutenção em embreagem mêcanica e hidráulica, suspensão, freios, ignição, injeção eletrônica entre outros.

Os serviços realizados na oficina recebem garantia de mão de obra e peças conforme certificado de seus fabricantes. Os veículos reparados ou consertados seguem um processo de controle de qualidade.


Aqui você terá a sua disposição os melhores profissionais do mercado, equipamentos modernos de última geração e atendimento personalizado.


Regulagem de farol




Fabricantes recomendam que os faróis sejam regulados, preventivamente, a cada seis meses, pois o uso diário do veículo e as trepidações que sofrem nas ruas e estradas fazem com que percam a regulagem. Além disso, sempre que o farol ou lâmpada forem trocados ou quando o veículo passar por manutenções de pneus, amortecedores, suspensão etc, a regulagem é necessária.

De acordo com a Cibié, a regulagem assegura que o facho de luz ilumine adequadamente o caminho e não ofusque a visão de quem trafega no sentido contrário. 

Deve ser feita na função luz baixa com o veículo posicionado a 30 cm do aparelho especifico. Para efetuar a operação, use ferramentas adequadas, que encaixam perfeitamente nos parafusos de regulagem, localizados na carcaça do farol, sustentando o refletor.

Regulagem Eletrônica de motor



Saiba que mesmo com o motor funcionando aparentemente bem, o seu carro pode precisar de regulagem. Para o seu carro com injeção eletrônica, oferecemos esse serviço realizado por mecânicos especializados com os equipamentos mais modernos do mercado.


Com o motor regulado você contribui para a melhoria do ar na cidade e ainda pode economizar até 10% no consumo de combustível.

Cliente satisfeito, planeta sustentável.


Trabalhamos com equipamentos modernos. Lider no mercado brasileiro, o Rasther III inova o mercado de scanners e diagnósticos automotivos, com precisão, agilidade, modernidade e tecnologia. Scanner para diagnóstico de eletrônica embarcada de motos e veículos a gasolina, álcool, diesel, GNV, flex, tetrafuel e híbrido. Novidades como seu design moderno, display colorido (touch screen), teclado inteligente e um sistema ainda mais rápido, facilitam sua utilização. 

Rodízios de Pneus

Grande parte das pessoas já ouviu falar em rodízio de pneus, mas, não têm a mínima idéia para que serve e como deve ser realizado, explicaremos a seguir:


Em todo o mundo a maioria dos veículos possui apenas tração dianteira assim, os pneus não costumam se desgastar de maneira uniforme (os dianteiros costumam ter vida útil menor do que os traseiros). Mesmo nos veículos com tração nas quatro rodas há desgaste desigual e é necessário realizar o rodízio.


É devido ao desgaste irregular que se utiliza o rodízio de pneus. Ele funciona como um recurso para igualar o desgaste dos pneus e, consequentemente, aumentar o tempo de vida útil.

Um pneu dura em média 50 mil km mas, tudo depende das condições das vias de trânsito e da maneira de condução do motorista. O mesmo acontece com o prazo recomendado para rodízio (que varia de 5 mil a 10 mil km).

Então, o ideal é que o proprietário sempre fique atento às condições dos pneus para que assim, não haja desgaste prematuro e nem futuras dores de cabeça.


Há diversos tipos de rodízio que variam de acordo com o veículo (comum ou com tração 4×4) e o tipo de pneu (normal, unidirecionais). Ao realizar o rodízio de pneus unidirecionais deve-se ter atenção redobrada já que eles só devem rodar em um único sentido.


Ao realizar o rodízio de pneus também é necessário fazer o alinhamento e balanceamento. Realizar a calibragem correta dos pneus a cada 15 dias é outro item importante que ajuda a evitar o desgaste prematuro.


O ideal é realizar a troca dos pneus aos pares, mantendo-os na mesma posição durante toda sua vida útil.

Serviço de Borracharia



Os reparos para pneus são itens fundamentais para o funcionamento de uma borracharia. Entre os principais, estão: remendo de borracha, cimento vulcanizante, válvulas para pneus, remendo para câmara, remendo para pneus sem câmara, remendo para caminhão e ônibus, manchão diagonal e manchão radial.

A vulcanização no pneu é um método de reparo que se é realizado quando o mesmo tem sua lateral rasgada ou cortada devido a algum objeto na estrada ou devido a desgastes por severo uso. A vulcanização atribui novamente as qualidades físicas outrora perdida, tornando possível a reutilização do pneu do carro e da moto.

Em termos químicos, ela é a modificação da borracha obtida com a combinação de enxofre para atribuir maior resistência (à temperaturas), elasticidade e força.

A vulcanização no pneu surge como uma alternativa para quem não está em condições de adquirir um pneu novo, já que seu preço é relativamente mais barato (de 20% a 30% do preço do pneu), algumas vezes inclusive realizado de graça por borracharias para atrair clientes. Sua técnica de uso também é simples, levando no máximo três horas para o conserto do pneu.


A montagem dos pneus é o processo de instalação do pneu na roda do veículo. O serviço é feito com ferramentas e métodos apropriados para garantir o perfeito encaixe entre a roda e o pneu, a fim de evitar a perda de pressão e obter um balanceamento preciso.

Serviços Elétricos

TROCA DE LAMPADAS


As lâmpadas de farol e lâmpadas de sinalização são extremamente importantes para a condução segura do veículo, sendo que sem elas, em muitos casos, fica impossível trafegar em uma via pública ou em rodovias sem iluminação própria.
  • Substitua sempre os pares de lâmpadas
  • Troque as lâmpadas de farol após atingirem uma quilometragem de 40.000 Km ou no término de um período de 2 anos.
  • Sempre faça a regulagem dos faróis periódicamente para inibir ofuscamentos e conseguir uma melhor distribuição da luz emitida pelas lâmpadas.
  • Confira com regularidade as lâmpadas de sinalização e do interior do veículo
  • Limpe as lanternas e faróis com freqüência.
  • mantenha em seu porta-luva lâmpadas reservas para casos de emergência.
  • Ao substituir alguma lâmpada do seu carro sempre faça a reposição por lâmpadas originais e aprovadas pelos órgãos reguladores.


  • LIMPADORES DE PARA-BRISAS

    SINAIS DE QUE ESTÁ NA HORA DE TROCAR


    • Riscos e faixas no para-brisa
    • Formação de névoa no para-brisa
    • Falhas na limpeza
    • Trepidação ou ruído
    • Borracha com fissuras
    • Borracha torcida
    • Borracha rasgada
    • Palheta levanta quando o carro está em alta velocidade


    AUMENTANDO A VIDA ÚTIL DAS PALHETAS
    • Ao lavar o carro, passe um pano úmido (com água apenas) nas lâminas de borracha
    • Não use querosene na lavagem, nem produtos químicos, pois danificam a lâmina da borracha
    • Utilize aditivos que não ressequem a borracha e diminuam o atrito da palheta com o vidro

    FICA A DICA

    Há vários modelos de palhetas no mercado, mas é recomendado usar a descrita no manual do proprietário – ou observar na embalagem do produto se a palheta é indicada para o seu veículo. Vale informar que palhetas duplas reduzem pela metade a vida útil do sistema do limpador de para-brisa

    Ao verificar se está na hora de trocar a palheta, também verifique a palheta do vigia. E se após a troca das palhetas o defeito persistir, verifique a regulagem dos braços das palhetas.
    Também vale a pena checar a quantidade de aditivo presente no reservatório para a limpeza.

    Sistema de Arrefecimento

    É um sistema complexo que controla toda a temperatura do motor. Assim ele terá maior durabilidade, menor desgaste e atrito, maior economia de combustível, menos manutenção, emitirá menos poluentes e aumentará seu desempenho. 




    O que compõe o sistema de arrefecimento?

    Líquido de arrefecimento – água + aditivo;

    Válvula termostática – controla o fluxo do líquido para o radiador;

    Radiador – diminui a temperatura do líquido;

    Ventoinha – auxilia o radiador a diminuir a temperatura do líquido;

    Interruptor térmico – liga e desliga a ventoinha;

    Mangueiras – liga o motor ao radiador levando o líquido de arrefecimento;

    Bomba d´àgua – envia o líquido para o todo o sistema Sensores de temperatura – indica a temperatura do motor no painel do veículo e ao computador da injeção eletrônica;


    DICA: Um bom nível de água no radiador é fundamental para o bom funcionamento do motor. Ao ligar o carro, o marcador do reservatório deve estar entre “Mín” e “Máx”;

    Troca de Óleo



    Troca de óleo, filtro completa e higienização onde o cliente tem atendimento personalizado, conforto e pode usufruir de um serviço com:

    Produtos com a qualidade e a alta tecnologia, desenvolvidos especialmente para carros, motos, caminhões e máquinas industriais

    Excelente atendimento, ambiente muito confortável e agilidade.

    Garantia de serviço prestado por técnicos especializados e treinados e a possibilidade de checagem gratuita de até 15 itens de segurança:


    • Pressão e condição dos pneus
    • Condições das palhetas do Pára-brisa e espirradores de água
    • Lanternas internas e externas
    • Checagem do funcionamento dos cintos
    • Filtro de ar
    • Nível de carga da bateria
    • Condição do pára-brisa/janela traseira
    • Condição das pastilhas de freio
    • Nível do fluido limpador de pára-brisa
    • Nível do óleo do motor
    • Nível do óleo de direção
    • Nível do fluido de freio
    • Nível do fluido de refrigeração
    • Pressão e validade do extintor
    • Checagem das correias

    Troca de Óleo Inteligente



    Qualidade e transparência que fazem a diferença

    O programa Troca Inteligente dos lubrificantes Mobil, utiliza minitanques e permite o abastecimento do lubrificante direto no cárter do veículo, e ganha cada vez mais aderência em todo o Brasil. Dentre os motivos, está a sua inovação e praticidade - seja para as revendas ou consumidores finais, seja para os frotistas. Mas a marca Mobil, na vanguarda do mercado, ultrapassa esses benefícios e se destaca acreditando no que será uma tendência no futuro.

    Indo além de vantagens como o melhor controle do estoque e a redução do descarte de embalagens no meio ambiente, o grande diferencial da Troca Inteligente é a garantia sustentável da mesma qualidade e alta tecnologia dos lubrificantes Mobil embalados - desde a fábrica de lubrificantes da Cosan, no Rio de Janeiro, até o motor dos veículos.

    No minitanque, uma bomba de abastecimento com medidor digital certificado pelo Inmetro e exclusivos filtro e visor transparente permitem ao consumidor ver o produto que está sendo adquirido. “A Troca Inteligente une a qualidade dos lubrificantes Mobil, conhecida mundialmente, à transparência rigorosa no controle dessa qualidade. Uma solução em lubrificação automotiva completa como a nossa, com capacidade de abastecimento eficiente em todo o país, só a marca Mobil oferece atualmente”, analisa Felipe Gustavo E. dos Santos, coordenador do Programa Troca Inteligente da Cosan Lubrificantes e Especialidades.


    Passo a passo da Troca Inteligente

    Confira os caminhos que o lubrificante Mobil percorre desde a Fábrica de Lubrificantes da Cosan, no Rio de Janeiro, até os revendedores e frotistas em todo o Brasil.

    Fábrica - O lubrificante sai da fábrica com o padrão internacional de qualidade Mobil.

    Transporte para o distribuidor - O produto segue em caminhões-tanque até os distribuidores Mobil localizados em todo o Brasil.

    Armazenagem no distribuidor - O lubrificante é armazenado em tanques dedicados e adequados às normas d qualidade e segurança, seguidas à risca pela marca Mobil.




    Transporte para o cliente - O produto sai do tanque do distribuidor para o caminhão-tanque, que possui compartimentos dedicados para cada tipo de lubrificantes, evitando assim a contaminação.

    Armazenagem no cliente - O lubrificante é descarregado na quantidade certa diretamente no minitanque do cliente, que é lacrado e certificado, impedindo a violação.




    Se é Mobil, pode confiar

    Por tradição, e em todo o mundo, a marca Mobil é rigorosa quando o assunto é qualidade de lubrificantes. Mecanismos de análises e processos de controle e auditoria foram desenvolvidos pela Cosan Lubrificantes e Especialidades para dar total segurança ao consumidor quanto à garantia do produto presente no minitanque da Troca Inteligente.

    Amostras de lubrificante são coletadas no recebimento da fábrica, no tanque do distribuidor, no caminhão-tanque e também no cliente, a fim de atestar a qualidade. Um lacre numerado é colocado na entrada do minitanque, com uma etiqueta contendo data de abastecimento, numeração do lacre e dados da nota fiscal, para conferência do consumidor. “A qualidade é o ponto forte deste modelo. Ela é mostrada ao cliente através do exclusivo visor transparente e é certificada através do Selo de Qualidade Mobil. Um rigoroso sistema de monitoramento acompanha todo o processo, desde a fábrica até cada ponto de venda“, reforça Felipe Gustavo E. dos Santos.